#Império: José Alfredo tem ataque de ciúmes de Tony Ramos

José Alfredo - Império

Central – A dúvida se José Alfredo (Alexandre Nero) vai desfilar no Carnaval vai continuar até capítulo do dia 17 de Império. Apesar de as cenas dele com a família na Marquês de Sapucaí já terem sido gravadas e parte delas divulgadas, na trama ele se manterá irredutível até o último minuto. Antoninho (Roberto Bonfim) dirá que contratou Tony Ramos para representá-lo, mas, quando Maria Isis (Marina Ruy Barbosa) insistir e disser que corre o risco de se apaixonar pelo ator de novelas, o comendador mudará de ideia.

O homem de preto alegará a todos que não é conveniente aparecer em cima de um carro alegórico, porque isso pode prejudicá-lo “aos olhos da Justiça”. “Quer dizer que você vai me deixar ir sozinha ao desfile? Cuidado que quem vai te representar é o Tony Ramos e eu posso me apaixonar por ele, hein?”, dirá a ruiva. “Esse Antoninho está me saindo um belo de um amigo da onça… Cismou em colocar justo o Tony Ramos para ‘fazer eu’, e agora corro o risco de perder ‘my sweet child’”, falará o comendador, que em seguida avisará a amante que ninguém vai roubá-la dele.

A ninfeta, pórem, não deve aparecer em cenas do desfile. As sequências gravadas na Marquês de Sapucaí, Rio de Janeiro, começarão a ser exibidas no final do capítulo da terça-feira de Carnaval. Antes disso, no dia 14, o público ficará sabendo que Tony Ramos vai encarnar o homenageado do enredo Homem de Preto em Terra de Brilhantes.

Em uma cena corriqueira, o autor Aguinaldo Silva até brinca com a situação: “Nem o melhor ator do mundo poderia fazer o papel dele”, dirá Cora (Marjorie Estiano) a Antoninho. “Pois eu sei de um que poderia: Tony Ramos”, responderá o presidente da escola de samba da novela.

“Sou mais o Alexandre Nero, mas esse está sem agenda”, soltará Manoel (Jackson Antunes). “Tony Ramos até que podia quebrar o galho. Já que o Zé não vai desfilar porque está desgostoso”, vai falar a tia de Cristina (Leandra Leal).

Mais gracinhas

Aguinaldo Silva vai brincar mais nos diálogos da novela durante o Carnaval. Em um trecho do capítulo do dia 14, Téo (Paulo Betti) vai relembrar a época em que era jurado nos desfiles das escolas de samba e, no meio do devaneio, vai soltar que “a culpa é do autor”. “Por falar nisso: Você já foi laçada por algum camarote na avenida?”, perguntará o blogueiro a Érika (Letícia Birkheuer), que responderá que está sendo caçada pelas assessorias de imprensa.

“Já a mim ninguém chama. Virei figura maldita! Também… Fui dar nota seis para os figurinos da escola daquele senhor de Mesquita! Que saudade dos meus tempos de jurado… Ainda me lembro do gosto daquele sanduíche de pernil que eles serviam”, vai falar Téo. “Pernil de porco?”, questionará a loira. “De veado mesmo, querida, no Carnaval eles proliferam mais que as capivaras.”

“Não acha que essa conversa está ficando surrealista?”, vai disparar Érika. “Acho… Mas a culpa é do autor da novela”, retrucará ele, usando um tom para lá de irônico.

 

Anúncios

Marcado:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s